Grande público prestigia lançamento da segunda edição de Revolution 9, de Marcelo Teixeira
Esportistas, políticos e o público em geral transformam evento em grande festa

     Com a participação de numeroso público, que praticamente lotou as dependências do auditório do Bloco E (Área de Saúde e Comunicação), da Universidade Santa Cecília (UNISANTA), Marcelo Teixeira lançou a segunda edição de Revolution 9, livro que conta a vida e o drama de Renata câmara Agondi. Esportistas, políticos, literatos e um público dos mais diversificados transformou o evento em uma grande festa.

     “Acredito que, mais uma vez, tenhamos reverenciado Renata da maneira que ela tanto merece”, destacou Marcelo Teixeira, autor da obra que busca nos diários íntimos da nadadora morta em uma frustrada tentativa de travessia do Canal da Mancha (entre Inglaterra e França), em 23 de agosto de 1988.

     Nomes como Wanderley Luxemburgo, técnico Santos FC; Flávia Neto de Jesus, nadadora revelada nas categorias de base da UNISANTA e que hoje integra a seleção brasileira de natação; os candidatos a prefeito de Santos Vicente Cascione, Raul Cristiano e Eduardo Adegas; a atleta olímpica e aluna de jornalismo da UNISANTA, Danielle Zangrando; os ex-jogadores Abel Verônico, José Macia, o Pepe, e Ramos Delgado, entre tantos outros, abrilhantaram a noite, na terça-feira (21/9).

     De visual novo, que traz a assinatura do designer gráfico Renato de Lone, a produção, impressão de reprodução gráfica e finalização de Paulo Pechmann, bem como o oportuno acréscimo de textos e fotos, Revolution 9 ressurge revigorada, graças a composição de elementos tirados de múltiplas formas de linguagem.

     Esta segunda edição de Revolution 9 traz em suas páginas a sonoridade da obra do mais importante grupo musical de todos os tempos, os Beatles; a plasticidade empregada na versão cinematográfica do livro, o vídeo documentário Renata , e a forte carga emocional e literária extraída dos cadernos íntimos de Renata, que, da paixão pelos quatro rapazes do grupo inglês, ganharam a denominação de Revolution 9.

     Esta nova edição mantém o prefácio da primeira, escrito pelo jornalista Sérgio Luiz Corrêa, na época editor de Esportes de A Tribuna. No texto, Corrêa fala do choque diante da notícia da morte de Renata, definindo-a como um dos acontecimentos mais tristes da história do esporte em Santos.

     Entre as novidades, uma maior ênfase à grande paixão de Renata, o grupo inglês Beatles, com destaque para novas fotos e muita curiosidade sobre o conjunto e o disco (Álbum Branco) no qual se insere a faixa Revolution 9.

     Ao abordar a realidade mundial quando no nascimento de Renata, Marcelo enfatiza ainda as glórias do grande time do Santos FC da década de 60, período no qual Pelé e Cia foram capazes de inclusive paralisar guerras e conflitos em diferentes pontos do globo.

     Novos textos sobre a evolução da natação em Santos, a partir da publicação da primeira edição de Revolution 9, e uma providencial inclusão do depoimento de Judith Russo, acompanhante de Renata em sua última e fatídica viagem à Europa, serve para elucidar muita coisa sobre a morte da atleta.

     DVD - Lançado inicialmente em VHS, em agosto de 2002, o Documentário Renata, traz a assinatura de um dos grandes nomes do cinema brasileiro, Rudá de Andrade, e a chancela da TV Cultura. parceira da UNISANTA na transformação de Revolution 9 em uma obra prima da cinematografia nacional.

     Aproveitando o lançamento da segunda edição de Revolution 9, Marcelo Teixeira faz chegar ao público apaixonado por cinema a versão em DVD de Renata, que traz como bônus o making off do documentário. O documentário é um registro pungente de uma existência relativamente curta, mas intensamente vivida. Renata, aquariana do terceiro decanato, era uma sonhadora, mas defendia com unhas e dentes seus ideais e convicções.



Dejair dos Santos
Assessor de Imprensa
dejair@unisanta.br
fone (13) 3202-7127